LIDERANÇA AUTOCRÁTICA

Hoje nós vamos abordar um dos três tipos de liderança. Está na hora da gente falar sobre a liderança com a mão de ferro. O tema é Autocracia!

Manda quem pode, obedece quem tem juízo! A principal característica de uma liderança autocrática é a centralização das tomadas de decisão. Geralmente o líder quando está no modo autocrático, pode tender a não ouvir ou aceitar opiniões diferentes das dele.

Uma característica desse tipo de liderança é que não existe muita flexibilidade, o líder toma as decisões. E aí, quando adotar esse estilo liderança autocrática?

Uma das melhores aplicações para esse tipo de liderança é quando o senso de urgência precisa ser ligado ao máximo. Ou seja, naqueles momentos onde as pessoas precisarão de direcionar todos os esforços sem questionar.

Uma outra aplicação é quando os liderados não possuem maturidade, nem experiência  para participar da tomada de decisões. Quando os ânimos estão exaltados e os liderados estão causando uma situação animosa e descontrolada, a liderança autocrática tende a funcionar melhor do que as demais.

Quando pode ser ruim? Mas como tudo não são flores, há alguns momentos onde a aplicação desse tipo de liderança pode causar alguns transtornos.

A primeira desvantagem é que a equipe tenderá a esperar sempre do líder que o mesmo tome as decisões, pois, em uma autocracia os liderados perdem o costume ou o desejo de participar ativamente e espontaneamente do processo. Há também a possibilidade dos liderados se sentirem desmotivados, uma vez que, eles são apenas uma simples engrenagem no sistema.

Outro fator comum é que os liderados começam a temer tanto o líder, que eles podem passar a sentir medo, além de compelidos a fazer coisas que eles não concordam. Cada, caso e situação deve ser analisada com cautela, todo tipo de liderança possui o seu lugar.

Não perca a continuação desse assunto de gestão de pessoas.Em um próximo material vamos abordar mais um outro estilo de Liderança, que é a Democrática

error: