DVG GRUPO DOA EQUIPAMENTO HOSPITALAR PARA UNIDADES DE SAÚDE EM PEDRO LEOPOLDO

Na quinta-feira, dia 12, a prefeita de Pedro Leopoldo, Eloisa Helena, esteve na planta industrial do DVG Grupo para receber a doação, por parte da empresa, de 70 máscaras de VNI (ventilação não-invasiva) para crianças e adultos, usadas no tratamento da Covid e de outras doenças respiratórias.

“Ter ao nosso lado empresas com responsabilidade social, como é o caso da DVG, nos ajuda muito. Estamos muito gratos por esta colaboração”, afirmou Eloísa.

“A gente estava com dificuldade para comprar, já que muitos desses equipamentos estão em falta no mercado. Além disso, as licitações necessárias para compra são um processo moroso”, completou a diretora do Hospital Municipal da cidade, Jussara Caldas Gomes Batista. Desde o começo da pandemia, o setor de saúde tem sido o foco principal das ações sociais da DVG. Pedro Leopoldo foi uma das cidades beneficiadas, ao lado de Confins, São José da Lapa e Matozinhos, por doações de insumos e equipamentos feitas pela empresa.

Entrega das doações da esquerda para a direita: Guilherme Sales – Institucional e Inovação, Kelly Teixeira – Diretora do DVG Grupo, Jussara Caldas – Diretora do Hospital (Centro Integrado de Atenção à Saúde), Eloísa Helena (Prefeita de Pedro Leopoldo), Helena Temponi (Médica do DVG Grupo) e Laiany Moreira – RH.

Segundo a diretora do DVG Grupo, Kelly Teixeira, 75% dos colaboradores da unidade de Pedro Leopoldo são da cidade.  Nessa unidade, que é a sede do grupo, trabalham aproximadamente 400 colaboradores diretos.

“Hoje, nós priorizamos contratar na região, o mais próximo possível da empresa, aproveitando a excelente mão de obra disponível”, observa.

Segundo ela, na DVG são comuns as solicitações de apoio das mais diversas instituições.  Neste contexto, a opção por parcerias com as prefeituras aconteceu naturalmente.

“Como nossos colaboradores são usuários dos serviços públicos, por que não ajudar suas cidades a atendê-los melhor?”, aponta Kelly.

Ao longo de 2020 ocorreram várias ações neste sentido nas unidades do Brasil e uma delas foi o apoio na reforma do Centro Integrado de Atenção à Saúde em Pedro Leopoldo. O mesmo raciocínio norteou o planejamento das doações.

“Cada cidade tem suas necessidades. Sabendo disso, nossa estratégia tem sido manter conversas com as administrações municipais para definir o que podemos fazer”, indica a diretora. “Neste momento, nós pensamos que a melhor maneira de ajudar estas comunidades seria colaborando com os esforços de combate à Covid”.

Foto: DVG Grupo

Segurança e saúde no trabalho

A preocupação com a segurança e a saúde no ambiente de trabalho se fortaleceu durante a pandemia, quando o grupo, que tem aproximadamente 600 colaboradores diretos, não registrou nenhum surto interno e, o mais importante, nenhum óbito por Covid-19. Resultado de respostas rápidas e ações efetivas de prevenção ao vírus, como implantação imediata de home-office e protocolos de segurança, testagem interna e monitoramento de casos.

“A medicina do trabalho da DVG tem um compromisso não só com a manutenção da saúde de seus trabalhadores, mas também com sua qualidade de vida”, observa a Dra. Helena Temponi, médica do trabalho na DVG. “A empresa vai contar com um trabalhador saudável e motivado e, este, por sua vez, se sentirá bem ao trabalhar em um ambiente harmonioso e que preza pelo seu bem-estar”, completa.

O DVG Grupo abriga em suas áreas de negócio – DVG Precon, DVG Sical, DVG Tubozan e DVG Detalli Detalli – marcas relevantes no mercado da construção civil.  Sua matriz está localizada no vetor norte de Belo Horizonte, onde é produzido um amplo mix de produtos. Além de coberturas em PVC e fibrocimento, argamassas e rejuntes, a empresa disponibiliza tubos e conexões em PVC, blocos CCA e acabamentos.

Os produtos do DVG Grupo estão presentes em mais de 15 mil pontos de venda e em obras espalhadas por todo o Brasil. O grupo emprega cerca de seiscentos funcionários diretos em 7 unidades, localizadas em Pedro Leopoldo (MG), Belo Horizonte (MG), Aparecida de Goiânia (GO), Formosa (GO), Marechal Deodoro (AL), Cachoeiro de Itapemirim (ES) e Siderópolis (SC).

error: