MOTOCICLISTAS DE SETE LAGOAS RECEBEM ANTENAS CORTA-PIPAS EM AÇÃO DE CONSCIENTIZAÇÃO DA GUARDA MUNICIPAL

Corte essa ideia! Com esse tema, a Prefeitura de Sete Lagoas – por meio da Guarda Civil Municipal (GCM) – realizou, na manhã de quarta-feira, 4, uma ação de conscientização quanto ao risco de utilizar linhas cortantes para soltar pipa, atividade muito comum nessa época do ano.

A mobilização abordou motociclistas na região central da cidade. Durante a blitz foram distribuídas e instaladas antenas corta-pipa para os abordados que não possuíam o equipamento.

“O objetivo foi orientar quanto ao uso de equipamentos de segurança. Durante a blitz, abordamos a importância do uso de antenas corta-pipa, capacete fechado que dá maior proteção, além da pescoceira, outro equipamento de proteção que pode evitar acidentes”, alerta o guarda J. Silva, da GCM.

foto: Prefeitura de Sete Lagoas/Divulgação

A Guarda Municipal chama a atenção para quem vende ou comete esse tipo de crime e relata quais as punições cabíveis, destacando ainda a participação de menores de idade.

“A venda e uso são crimes previstos em leis municipais e estaduais. Há a apreensão do material e multa. Em caso de menores de idades, os pais serão notificados e autuados e a ocorrência será encaminhada para o Conselho Tutelar para as devidas providências”, explica o Subcomandante da GCM, Cordeiro.

Balanço de 2020

Entre os meses de julho e agosto de 2020, a Guarda Municipal realizou 14 operações de fiscalização com foco no combate ao uso de linha chilena e cerol. Além disso, foram atendidas 46 denúncias recebidas pelo 153.

Durante essas ações, foram lavrados 75 autos de notificação e um total de 139 itens apreendidos pelas equipes da GCM, incluindo tubos com linhas cortantes, frascos com cola/cerol e pipas. Os bairros com maior número de ocorrências foram: Aeroporto, Verde vale, Montreal, Bela Vista, Dona Dora, Morro do Claro e Brejinho.

error: