ECONOMIA NA COZINHA: CONHEÇA 4 ALIMENTOS PARA SUBSTITUIR A CARNE E GASTAR MENOS NAS COMPRAS DE CASA

Existem formas de economizar de verdade, já que infelizmente, a maior alta de preço continuará sendo na carne de boi (17,6%), seguida da de porco (15,1%) e de frango (11,8%)

Com o aumento bem acima da estimativa para a inflação oficial (IPCA), de 5,9%, a carne vem se tornando algo quase que raro no prato dos brasileiros. Por isso, ter alternativas para substituí-la nas refeições é mais do que uma urgência. Assim, na 13° coluna de “Economia” do “REC1”, eu, @felipe_jesusjornalista (Economista & Jornalista), trago alguma dicas bem interessantes para substituir a carne, já que a maior alta de preço continuará sendo na carne de boi (17,6%), seguida da de porco (15,1%) e de frango (11,8%) conforme dados divulgados pela LCA Consultoria. Confiram algumas sugestões que podem te ajudar a economizar em casa:

Divulgação/VEJASP

■ 1 – Parece óbvio, mas o Ovo é a primeira boa substituição da carne: O Ovo é um alimento já conhecido em nossa alimentação, não é mesmo? Então, além de ser conhecido é de origem animal, como a carne e o leite, por isso ele é considerado uma proteína completa. Dependendo da região que você mora, você pode achar o pente de Ovos por R$10, que dependendo do uso, dura até 15 dias. No entanto, é bom olhar primeiro se o seu colesterol está normal para não ter nenhum problema ao substituir pela carne, por isso, coma um Ovo na refeição do dia. Não precisa ser de manhã e a noite e nem todos os dias, não é mesmo? Basta regular entre cozido ou mesmo omelete, que são  receitas práticas e até mais saudáveis que o Ovo frito. Inclusive, existe receita de omelete para ser feito no Micro-ondas, basta pesquisar.

■ 2- Você pode até não gostar, mas a Soja é um alimento excelente nesse caso: Da mesma forma que o ovo e a carne, a Soja tem é bem rica em proteínas, conforme apontam especialistas da área de saúde. Prova disso, é que em 100 g de Soja existem 36 gramas de proteína, ou seja, mais do que na mesma quantidade de um filé. Isso mesmo, mais do que um filé! Existem algumas formas bem interessantes de consumir a Soja, como, em grão, proteína ou mesmo o tofu. Ai você escolhe, mas na internet existem várias receitas e dicas de Nutricionistas ou mesmo Gastronomos bem interessantes e que valem a pena dar uma conferida. Tudo vai dar forma que você prepara.

■ 3- Feijão, Lentilha e etc: Sim! O Feijão, Lentilha e Grão de Bico são itens bastante ricos em proteínas e podem ser usados frequentemente nas refeições. Mas claro, acompanhados por aquele arroz bem feitinho e por uma salada se quiser. Aliás, fica uma delícia! Assim como as demais dicas deixadas aqui, existem várias receitas de fácil acesso para você experimentar em sua casa.

■ 4 – Quem disse que Castanhas só servem para os pratos de fim de ano? Muita gente acha que as Castanhas só servem para aqueles pratos de fim de ano. Na verdade, ela está em vários preparos e tanto a Castanha de Caju quanto a do Pará e o amendoim, servem para complementar a ingestão de proteínas. Vale a pena conhecer alguns pratos/receitas que podem ser encontradas, também na internet, através de artigos de Nutricionistas ou mesmo Gastronomos ou em sites de culinária para começar de vez a ingerir esse alimento.

Para reflexão: deixo uma frase da escritora, jornalista e diplomata brasileira Clarice Lispector: “Quem caminha sozinho pode até chegar mais rápido, mas aquele que vai acompanhado, com certeza vai mais longe”. Siga: @felipe_jesusjornalista e fique por dentro de outras dicas para economizar de verdade. Se quiser sugerir temas, ou se precisar de consultoria (para esse ou outro tema de educação financeira), fique a vontade através do direct Instagram ou pelo economiadomestica@gmail.com. Até a próxima coluna.

error: