MUNICÍPIOS PODEM SE INSCREVER PARA JORNADA DO PATRIMÔNIO CULTURAL DE MG

As inscrições para a 8ª Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais ficam abertas até o próximo dia 10, com formulário de adesão disponível no site do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico – Iepha/MG. O preenchimento no prazo é obrigatório para municípios interessados em aderir ao evento.

As possibilidades de participação incluem realização de exposições, feiras, festivais, apresentações artísticas, seminários, encontros de grupos e culturas populares (capoeira, catira, congado, folia de reis e reinado, por exemplo), além de visitas guiadas, publicações, atividades de mediação e educação patrimonial, entre outras atividades que se relacionem com a preservação do patrimônio de cada cidade. Clique aqui e acesse o regulamento.

A participação  é aberta a todos os interessados em propor ações relacionadas à salvaguarda do patrimônio cultural. As atividades culturais propostas passarão pela avaliação da comissão organizadora da Jornada do Patrimônio Cultural.

O tema 

O tema da edição  2021 é Caminhos do Patrimônio: contemporaneidade e novos horizontes, em comemoração ao Dia do Patrimônio Cultural, aos 50 anos do Iepha-MG e aos 25 anos do ICMS Patrimônio Cultural. Entre os objetivos da Jornada está a proposição de ações educativas e de difusão do patrimônio cultural. O evento também procura promover reflexões sobre a trajetória das políticas públicas do patrimônio cultural, além dos temas novos patrimônios e novas tecnologias e lugares de memória.

As atividades podem ser realizadas de forma virtual ou presencial, levando sempre em consideração os protocolos sanitários em prevenção à covid-19 adotados por cada município. Por conta da pandemia, diversas ações também tiveram de se reinventar para a programação.

“Vivemos tempos de mudanças rápidas e ainda em aceleração. Neste contexto, a valoração do patrimônio cultural se torna, a cada dia, mais relevante para a manutenção da diversidade frente ao poder homogeneizador do mundo contemporâneo. As Jornadas, como parte da solução criativa ao isolamento imposto, fazem com que a ação de cada comunidade transborde seu território, revelando as diversas faces de Minas Gerais”, ressalta o presidente do Iepha-MG, Felipe Pires. 

Os municípios que tiverem sua adesão à Jornada homologada e que comprovarem a realização das ações conforme a Deliberação Normativa do Conep terão direito à pontuação no programa ICMS Patrimônio Cultural. Um guia on-line, com todas as atividades, será disponibilizado no site do Iepha-MG a partir de 17 de agosto.

Fonte: Agência Minas

error: