CONFIRA ALGUMAS DICAS PARA DIMINUIR O USO DO ÓLEO NO PREPARO DOS ALIMENTOS

Além do azeite, alguns pratos podem ser preparados com água, como filé de frango e etc; com a alta do óleo nas gôndolas dos supermercados, economizar é sempre uma boa saída

Sem sombras de dúvidas o óleo faz parte da maioria dos preparos de alimentos, não é mesmo? Existem diferentes tipos de óleos, alguns mais saudáveis e outros nem tanto, mas independentemente disso, a orientação é evitar o uso excessivo dele. Por esse motivo, na 10° coluna do “REC 1”, eu @felipe_jesusjornalista trago algumas dicas para substituí-lo de forma consciente, podendo, até mesmo, gastar menos dinheiro na compra do vidro de óleo de 900ml. Confira:

Divulgação

 

 

■ 1 – Evitar frituras:Para diminuir o uso de óleo na hora de preparar os alimentos, o principal segredo é não fazer frituras. Claro que existem outras formas de se consumir as mesmas carnes (que seriam fritas), mas nesse caso, escolha as carnes grelhadas, assadas ou cozidas. É bom do mesmo jeito. Experimente!

■ 2- Use o azeite ao invés do óleo: Utilize azeite (caso já tenha em casa), mas o mínimo possível na hora de refogar os legumes. São alimentos que não exigem muito óleo pois possuem quantidade significativa de água. Assim, o azeite pode ajudar nesse processo em substituição ao óleo.

■ 3 –  Panela antiaderente:Diferentemente das panelas comuns, ela apresenta uma camada especial que evita que os alimentos grudem, mesmo sem o uso de óleo. Ela é uma excelente aliada para diminuir o consumo de óleos, além de auxiliar no preparo de alimentos grelhados, evitando que eles sejam fritos. Não precisa comprar um jogo dessa panela, mas pelo uma para o caso de preparo de carnes. Vale a pena.

■ 4 – Use água: Com a mesma panela antiaderente que indiquei (acima), alguns alimentos, como filé de frango e até carnes, podem ser preparados sem nada de óleo. Basta jogar um pouco de água e pronto, ficará ótimo. Com tudo isso, você economizará óleo de uma forma prática e bem saudável durante o mês. Ou seja, ao invés de usar duas garrafas inteiras de 900ml no mês, você usará bem menos.

Para reflexão: deixo uma frase do empreendedor Conrado Navarro. “Mais importante do que quanto você ganha, é como você gasta”. Siga: @felipe_jesusjornalista e fique por dentro de outras dicas para economizar de verdade. Se quiser sugerir temas, ou se precisar de consultoria (para esse ou outro tema de educação financeira), fique a vontade através do direct Instagram ou pelo economiadomestica@gmail.com Até a próxima coluna.

error: