COVID-19: 22% DAS INTERNAÇÕES EM UTIS COVID DE BH SÃO DE PACIENTES DO INTERIOR

De janeiro a junho deste ano, 22% dos pedidos de internações nas UTIs de hospitais de Belo Horizonte são de pacientes do interior. Ao todo, foram 3.785 solicitações, sendo 844 de moradores de outras cidades.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, 77 municípios fizeram solicitações por vagas em hospitais da capital mineira.Das cidades que mais demandam internação por Covid-19 na capital mineira estão: Sabará (21%), Santa Luzia (18%), Ribeirão das Neves (13%), Vespasiano (7%) e Nova Lima (6%), sendo que esse conjunto de municípios responde por 65% das solicitações vindas do interior.

Geraldo Bubniak/Agência de Notícias do Paraná

Na útima quarta-feira, dia 9, a taxa de ocupação dos leitos de UTI para pacientes infectados com coronavírus no SUS estava em 83,9%.

 

Demanda é menor por leitos de enfermaria

BH recebeu, de janeiro a junho, 17.850 solicitações de internação em leito de enfermaria. Desse total, 1.497 solicitações foram de pacientes de outras cidades, o que representa 8%.

Os pacientes do interior são internados em hospitais da rede SUS de Belo Horizonte que disponham de leitos vagos com capacidade de atendimento àquele perfil. A taxa de ocupação de leitos de enfermaria para pacientes com Covid-19 do SUS está em 59%.

Fonte: Patrícia Fiúza, G1 Minas

error: