PIPA EM REDE ELÉTRICA JÁ DEIXOU 179 MIL SEM LUZ NA REGIÃO METROPOLITANA DE BH EM 2021, ALERTA CEMIG

Uma tradição muito popular no Brasil, a prática de “empinar” pipas e papagaios tem divertido muitas gerações de brasileiros ao longo dos anos. O meio do ano geralmente é um período propício para a brincadeira por causa do aumento da incidência dos ventos. No entanto, a Cemig lembra que a prática perto de redes de energia elétrica pode ocasionar desligamentos emergenciais e acidentes graves.

Somente nos cinco primeiros meses de 2021, ocorrências relacionadas a pipas prejudicaram mais de 285 mil pessoas em Minas Gerais com falta de energia. Apenas na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a prática deixou 179 mil clientes sem luz. Em 2020, os incidentes com pipas causaram 2.796 ocorrências na área de concessão da Cemig, afetando cerca de 740 mil mineiros.

O gerente de Saúde e Segurança do Trabalho da Cemig, João José Magalhães Soares, destaca que a aproximação indevida e o uso de cerol e linhas chilenas têm sido os motivos dos principais acidentes com a rede elétrica da companhia.  O cerol e a linha chilena são proibidos em Minas Gerais pela Lei 23.515/2019, que prevê a aplicação de multas às pessoas que manuseiam ou comercializam esses itens, além da possibilidade de incriminar os responsáveis pela sua utilização.

Foto: CEMIG / DIvulgação

 

Cuidados

João Soares lembra que os pais devem orientar seus filhos a praticar esse tipo de brincadeira em locais descampados e longe da rede elétrica.

“Em ambientes urbanos é muito difícil termos locais sem rede elétrica aérea. Os pais devem procurar espaços afastados, sem fiações próximas. Outro ponto de atenção é que algumas crianças, jovens ou adultos sobem em lajes para soltar pipas e correm risco de cair”, observa.

O gerente de Saúde e Segurança do Trabalho da Cemig reforça que nunca se deve tentar resgatar pipas presas na rede elétrica ou em árvores, pois o risco de acidentes é muito alto.

“Ao subirem nas árvores para retirar a pipa, as pessoas não observam a rede elétrica e acabam tocando, sofrendo choque elétrico seguido de queda o que, na maioria das vezes, se torna um acidente fatal”, exemplifica.

Fios partidos

Outro ponto a se tomar cuidado são os fios partidos. Caso a pessoa se depare com um, não deve se aproximar ou tocar no cabeamento. A recomendação é telefonar imediatamente para o Fale com a Cemig, no número 116, que funciona 24 horas por dia. O especialista ressalta que somente os profissionais autorizados pela companhia podem fazer intervenções na rede elétrica.

error: