MATOZINHOS NÃO REGISTRA NOVOS ÓBITOS POR COVID-19 NESTA SEMANA; TAXA DE OCUPAÇÃO DA UPA SEGUE ALTA

A Prefeitura de Matozinhos publicou o boletim semanal com o quadro evolutivo do Coronavírus (COVID-19), na cidade. Nenhum óbito foi confirmado nesta semana, mas a taxa de ocupação dos leitos da UPA ainda permanece alta, com o registro de uma média de 14 pessoas internadas por dia, na unidade, para tratamento da COVID-19.

De acordo com a administração municipal, até sexta-feira, dia 14, haviam dez pessoas internadas na UPA 24h, sendo três com máscara facial com oxigênio e sete com cateter nasal, lembrando que a capacidade para acolhimento na unidade é de 12 pessoas no total.

“Apesar dos índices diminuírem nesta semana, é importante que todos mantenham os cuidados recomendados, para que não haja o aumento descontrolado de pessoas contaminadas e casos graves no município novamente. Além disso, infectologistas já alertaram para a possibilidade de uma terceira onda, ainda pior do que a segunda. O vírus tem sofrido mutações e pode surgir uma nova variante mais letal e contagiosa, por isso, continuem seguindo todas as recomendações de prevenção”, destaca a Prefeitura.

Matozinhos soma 2807 pessoas contaminadas desde o início da pandemia. Comparando com o último período publicado, que trazia a confirmação de 2678 casos, o município totaliza 129 pessoas testadas como positivas nesta semana.

VACINAÇÃO

Quanto à vacinação no município, 5.835 pessoas receberam a primeira dose até agora, 3.002 a segunda dose, somando 10.962 pessoas que receberam doses da vacina. Na última semana, a Secretaria de Saúde conseguiu concluir a vacinação das pessoas com até 60 anos na cidade, com a aplicação da primeira dose.

“Matozinhos é uma das cidades no Estado que tem conseguido manter a vacinação com a segunda dose em dia, graças ao planejamento e logística da equipe da saúde. Outro ponto significativo, é que foi iniciado na última terça, 11, a vacinação das pessoas com comorbidades. A Secretaria de Saúde aguarda o envio de novas doses para dar continuidade e avançar ainda mais o processo de imunização em Matozinhos”, explica.

error: