PROPRIETÁRIOS DE ACADEMIAS LUTAM PARA QUE SETOR SEJA ESSENCIAL; MEDIDA EVITARIA NOVO ABRE E FECHA

A pandemia da Covid-19 vem atingindo diversos negócios em todo o Brasil, principalmente os serviços considerados “não essenciais”. Entretanto, um setor que vem gerando diversas discussões em relação a essencialidade são as academias.

Muitos entendem que esses estabelecimentos podem gerar aglomerações e aumentar o contágio do vírus. Por outro lado, já existem estudos que mostram o contrário, ainda ressaltando a importância da atividade física na prevenção e controle de outras doenças.

E foi pensando nesses benefícios que onze proprietários de academias de Pedro Leopoldo se uniram para o lutarem pela categoria. E a pressão feita tem surtido efeito.

De acordo com uma das líderes do movimento, a empresária Silvana Storino, da Academia Energia, um projeto de autoria do vereador Fred Piau foi aprovado no ano passado, que definia a prática de atividade física e de exercício físico como essencial. Mas mesmo assim, segundo ela, isso nunca foi colocado em prática no município.

 “Isso já é uma lei. Como é algo compulsório (Onda Roxa), a Prefeitura foi obrigada a fechar as academias. O que queremos é que a Prefeitura abraçasse a causa. Mesmo entrando na onda vermelha agora, pelo fato do município não ter aderido ao Minas Consciente, eles vão ter poder de fazer a lei valer”, explicou.

Faixa pede que seja reconhecida em Pedro Leopoldo a essencialidade das academias de ginástica. Foto: Internet

Ainda conforme explicado pela empresária, o objetivo da campanha é mostrar para poder executivo da importância da atividade física neste período para as pessoas.

“Nosso movimento está sendo de buscar depoimento de alunos para sensibilizar as autoridades da quantidade de gente que estão adoecendo sem atividade física”, conta Silvana Storino.

Nas suas redes sociais, Silvana e outros membros do grupo vem compartilhando vídeos e depoimentos de clientes e pessoas praticantes de atividades físicas. Cada vez mais, novas pessoas aderem à campanha que utiliza a hastag #somosessenciais.

CONFIRA A ENTREVISTA:

FLEXIBILIZAÇÃO EM PL

Na sexta-feira, dia 16, a Prefeitura Municipal de Pedro Leopoldo também anunciou a saída da ‘onda roxa’, flexibilizando algumas medidas. Segundo a administração municipal, a decisão “visa um equilíbrio entre o setor econômico e a questão sanitária”.

Dessa forma, a partir desse sábado, dia 17, entra em vigor o decreto N° 2.087. O documento autoriza o funcionamento de estabelecimentos destinados à prática de atividades físicas.

Entretanto, os locais devem atuar apenas com até 30% da sua capacidade e modalidades que possuem contato físico, continuam paralisadas.

error: