ONDA VERMELHA PERMITE ABERTURA DO COMÉRCIO NÃO ESSENCIAL

De acordo com o anúncio feito no final da manhã desta quinta-feira, 15, pelo governador Romeu Zema (foto), grande parte do estado vai deixar a onda roxa, a mais restritiva de todas do Minas Consciente, e evoluir para a vermelha. A decisão, que também valerá para Belo Horizonte, vai ser publicada nesta sexta-feira, 16, e entra em vigor a partir de sábado, 17.

“Nós obtivemos melhorias de indicadores e tudo aponta que continuaremos a ter, porque a pandemia sempre tem um efeito retardado. De acordo com decisões técnicas, portanto, estamos com várias regiões avançando da Onda Roxa para a Onda Vermelha, dentre elas a Região Metropolitana de Belo Horizonte”, explicou Zema.

Além da Grande BH, as macrorregiões do Jequitinhonha, Norte, Sudeste e Sul de Minas poderão reabrir as atividades consideradas não essenciais, desde que cumpram regras, como distanciamento e limitação máxima de pessoas. Essa medida é opcional a cada município, que pode gerir a retomada comercial à sua maneira.

 Mais vacinas

Zema também disse que Minas vai receber mais 600 mil doses de imunizantes contra a Covid-19 até esta sexta-feira, 16.

error: