OCUPAÇÃO DE LEITOS CAI PARA 75%, MAS ÍNDICE AINDA É CRÍTICO EM PEDRO LEOPOLDO

A taxa de ocupação dos leitos no Hospital Municipal Francisco Gonçalves está estável em Pedro Leopoldo, mas a situação ainda é preocupante. Segundo a Prefeitura Municipal, 75% das vagas destinadas ao atendimento de casos de Covid-19 estão ocupadas, conforme número de terça-feira, dia 23.

Entretanto, no último domingo, dia 22, a situação atingiu seu nível mais crítico. Todos os leitos exclusivos para Covid-19 estavam ocupados, incluindo os de enfermaria e os de urgência.

A unidade de saúde, que é a referência para o enfrentamento à doença no município, possui 20 leitos de enfermaria exclusivos para Covid-19 e quatro leitos de urgência.

No final de semana, um áudio, suspostamente gravando por um médico da unidade de Pedro Leopoldo, foi divulgado nas redes sociais. Ele alerta que a situação no local está um “caos”, com todas as vagas ocupadas, além do registro de mais dois óbitos.

“A população de Pedro Leopoldo não está entendendo a gravidade que está. Não tem leitos para mais ninguém”, disse o homem em áudio divulgado nas redes sociais.

Ainda conforme informado ao portal Repórter Cidade pela administração municipal, “não há falta de medicamentos nem de insumos até esta data” no Hospital Municipal.

ASCOM PMPL

MAIS LEITOS

A Prefeitura de PL informou nesta semana novas medidas para conseguir atender os casos de Covid-19 no Hospital Municipal. Revelou que vai aumentar o número de leitos da unidade e que a equipe medida será reforçada com a chegada de mais profissionais.

Além disso, o Pronto Atendimento da Lagoa irá funcionar aos finais de semana. Sendo nas sextas-feiras até meia noite (que era até 19 horas) e, aos sábado e domingo das 07h às 24h.

error: