PREFEITURAS PEDEM RECURSOS PARA EVITAR FALTA DE OXIGÊNIO E MEDICAMENTOS

A Associação Mineira de Municípios (AMM), que representa os 853 municípios mineiros, enviou na última semana ofícios ao presidente do Congresso Nacional, senador Rodrigo Pacheco; ao líder da bancada mineira na Câmara, deputado Diego Andrade; e ao presidente da Confederação Nacional de Municípios, Glademir. A entidade solicita que os representantes intercedam no Ministério da Saúde para que seja priorizada a liberação de recursos de emendas parlamentares destinados aos fundos municipais de saúde.

“A grave situação que enfrentamos, com o aumento assustador de contaminados
com o coronavírus e da demanda hospitalar, indica um cenário ainda mais trágico
com eminente falta de oxigênio e medicamentos para sedação de pacientes
intubados. São inúmeros os registros, em todas as regiões do Brasil, da escassez e
falta desses insumos essenciais no combate ao coronavírus e Minas Gerais não foge
à regra”, destaca a AMM.

Ainda na última semana, a AMM enviou ofícios ao presidente da República e ao Ministério da Saúde, ratificando o estado de extrema emergência que as cidades mineiras estão passando e “pedindo soluções imediatas para suprir essas carências, reforçando a aquisição de insumos e medicamentos e o envio aos municípios”.

error: