PCMG LOCALIZA SUSPEITO DE ATROPELAR CICLISTA EM LAGOA SANTA

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu as investigações que apuraram o atropelamento de uma ciclista, de 60 anos, na LMG-800, altura do município de Lagoa Santa, Região Metropolitana de Belo Horizonte. O fato ocorreu no último domingo (14/3), por volta das 7h40, quando a vítima, com um grupo de ciclistas, transitava pela rodovia, sentido Aeroporto de Confins. O motorista, que fugiu do local sem prestar socorro à senhora, foi identificado e já ouvido no inquérito policial.

Divulgação PCMG

De acordo com testemunhas, um veículo de cor preta atropelou a vítima no acostamento e, em seguida, saiu em alta velocidade. A vítima sofreu diversas fraturas, inclusive o espelho retrovisor direito do veículo foi arrancado com o impacto da colisão e recolhido no local. Imagens de câmeras de segurança foram analisadas, confirmando o modelo e a marca do carro, mas, ainda, sem identificação da placa.

No decorrer da investigação, realizada pela Delegacia em Lagoa Santa, em consultas nos sistemas policiais foi possível identificar algumas placas e, por meio do cruzamento de dados, chegar ao automóvel envolvido no atropelamento. Foi levantado, ainda, que o suspeito, de 26 anos, residente na capital, registrou, no dia posterior aos fatos, uma falsa ocorrência de acidente de trânsito, alegando que um veículo teria batido no carro dele, e o motorista evadido.

Segundo o delegado Flávio Teymeny, ao ser ouvido na unidade policial, o investigado alegou que, devido ao cansaço por ter acordado às 3h, cochilou ao volante. Informou também que fugiu do local por medo de ser linchado. “Diante da consumação do acidente, provavelmente o condutor irá responder pela lesão corporal culposa na direção de veículo automotor, agravado pelo fato de não ter prestado socorro e também ter fugido do local do crime”, explica.

Por: Polícia Civil

error: