COVID-19: SETE LAGOAS TEM 312 NOVOS CASOS E OITO ÓBITOS, UTI CHEGA A 100% DE OCUPAÇÃO

A Prefeitura de Sete Lagoas confirmou nesta segunda-feira, 15, mais 312 novos casos positivos, sendo 172 mulheres e 140 homens. Oito óbitos por complicações provocadas pela Covid-19 foram confirmados, sendo dois deles ocorridos no início da semana passada, um ocorrido em Belo Horizonte em fevereiro e cinco ocorridos em Sete Lagoas neste fim de semana.

Os óbitos da semana passada ocorreram na UPA, no dia 9, um homem de 68 anos, e no Hospital Municipal, no dia 10, um homem de 73 anos. Os cinco óbitos do fim de semana ocorreram no Hospital Municipal, no dia 13, sendo um homem de 66 anos e outro de 48 anos. No Hospital da Unimed, no mesmo dia, faleceu um homem de 62 anos. Já no dia 14 foram mais dois óbitos, ambos no Hospital Municipal: um homem de 44 anos e uma mulher de 91 anos. O óbito de Belo Horizonte ocorreu no dia 16 de fevereiro, no Hospital Júlia Kubitschek, um homem de 72 anos morador de Sete Lagoas. Dois óbitos suspeitos ocorreram na manhã desta segunda: um homem de 60 anos que estava no Hospital Municipal e uma mulher de 56 anos que estava na UPA.

Assim, Sete Lagoas chega a 211 óbitos até o momento.

Hospitalizados

As internações por problemas respiratórios voltaram a subir no fim de semana. São 110 pacientes internados, sendo 50 em UTI e 60 em enfermaria. Entre os internados em UTI, são 42 de Sete Lagoas, dois de Prudente de Morais e os demais de Paraopeba, Papagaios, Caetanópolis, Abaeté, Baldim e Inhaúma. Entre os internados, 89 testaram positivo para Covid, quatro tiveram resultado negativo e 17 aguardam resultados de exames.

No Hospital Municipal estão 37 internados, sendo 28 em UTI. No Hospital Nossa Senhora das Graças são 25 internações, sendo seis em UTI, das quais duas em leitos do SUS. No Hospital da Unimed são 29 pacientes internados, sendo 11 em UTI. E na UPA 19 internados, cinco deles em UTI. A taxa de ocupação de leitos de UTI Covid, somando-se as unidades do SUS e da rede particular, voltou a chegar em 100%. Se considerarmos apenas os leitos de UTI do SUS, esse índice também está em 100%.

error: