FÁBRICA DE VEÍCULOS ELÉTRICOS ESTIMA GERAR QUASE 14 MIL EMPREGOS NA REGIÃO METROPOLITANA

A região Metropolitana de Belo Horizonte deve receber nos próximos anos mais uma grande empresa. O Governo de Minas assinou um protocolo de intenção para implantação de uma fábrica de veículos elétricos e packs de baterias.

A empresa Bravo Motor Company faz parte do grupo que desenvolveu o primeiro carro elétrico da América Latina. O investimento estimado para a fase 1 do projeto, chamada de Projeto Colosso 1, é de R$ 25 bilhões.

Pedro Gontijo / Imprensa MG

A previsão é a de que a fábrica de veículos elétricos e packs de baterias comece a ser implantada em junho de 2021 na Região Metropolitana de Belo Horizonte e inicie a operação em 2023. A produção estimada para 2024 é de 22.790 unidades de veículos e 43.750 de unidades de packs de baterias. O

 investimento total de R$ 25 bilhões deve ser realizado até o final de 2029 e a previsão é que sejam gerados 13.813 empregos diretos e indiretos. Novas fases de investimento estão previstas para outras regiões de Minas, com produção de baterias de lítio, e devem ser tema de futuros protocolos com a empresa.

 “É um empreendimento que abre um cenário muito positivo para o futuro. Sabemos que, nas próximas décadas, a indústria automobilística deverá se reinventar totalmente, passando do tipo de motorização atual para motores elétricos. Vamos começar esse processo em Minas Gerais e no Brasil. Faremos tudo para que essas raízes fiquem muito consistentes e, independentemente de quem estiver aqui, que isso prospere o máximo possível”, comemorou o governador Romeu Zema.

error: